A Dynamis Techne foi contratada para realizar uma avaliação de integridade estrutural do porto da CDP de Itaituba, localizado em Miritituba-PA. A avaliação abrangeu basicamente a inspeção visual, e a modelagem computacional da com base no Método dos Elementos Finitos.

O porto de Itaituba, inaugurado em 11/02/1974,  consistiu em um projeto do governo para dar apoio ao escoamento da produção das agrovilas que surgiriam ao longo da Transamazônica. O cais do Porto de Itaituba é destinado a operar com balsas ou embarcações de pequeno porte.

A extensão do Porto é de 192m e foi construído paralelo à margem do rio. Sua forma é escalonada com 4 patamares, sendo 2 de 24 metros e 2 de 36 metros de comprimento, interligados por 3 rampas com declividade de 12%. A infraestrutura é em tubulões de concreto armado e a superestrutura em concreto protendido.

A solução em rampa escalonada é usualmente adotada em estruturas portuárias hidroviárias para possibilitar a atracação e amarração de pequenas embarcações, considerando a grande variação do nível d’água que ocorre entre os períodos de cheia e estiagem.