Prova de Carga Estática em Estacas

A Dynamis Techne realiza Provas de Carga Estática em fundações profundas (Estacas e Tubulões), atendendo aos critérios da norma ABNT 16903:2020 (Solo – Prova de carga estática em fundação profunda) , utilizando equipamentos de alta precisão, de modo a obter maior acurácia no ensaio. A nossa empresa emprega tecnologia de ponta, utilizando sensores elétricos tais como células de carga (para medida de carga aplicada),  transdutores de deslocamentos (para medida dos recalques), extensômetros elétricos de resistência (para obtenção das deformações/tensões nas estacas), e sistema automático de aquisição de sinais. Além disso, a Dynamis Techne emprega câmeras de monitoramento tipo webcam para registro e transmissão dos dados dos ensaios.

Solicite seu orçamento

O Ensaio

A Norma NBR 16903:2020 especifica um método para executar provas de carga em fundações profundas. O ensaio visa determinar o comportamento carga x deslocamento de uma estaca, tendo como objetivo final a determinação da sua capacidade de carga. O procedimento se aplica a todos os tipos de estacas, verticais ou inclinadas, independentemente do processo de execução e de instalação no terreno, inclusive  tubulões.

A prova de carga consiste, basicamente, em aplicar esforços estáticos à estaca e registrar os deslocamentos correspondentes.

Quando o ensaio deve ser realizado

A norma NBR-6122:2019 (Projeto e execução de fundações), no item 9.2.2.1, estabelece que é obrigatória a execução de provas de carga estática em obras que tiverem um número de estacas superior a um determinado valor (a partir de 100 estacas, por exemplo para estacas pré-moldadas de concreto ou estacas metálicas, conforme tabela 6 da norma). Quando o número de estacas for superior a este valor (especificado na norma dependendo do tipo de estaca), deve ser executado um número de provas de carga estática igual a no mínimo 1% da quantidade total de estacas, arredondando-se sempre para mais.

É necessária também a execução de prova de carga, qualquer que seja o número de estacas da obra, se elas forem empregadas para tensões médias (em termos de valores admissíveis) superiores a determinados valores indicados na tabela 6 da norma (por exemplo, 7MPa para estacas pré-moldadas de concreto).

Equipamentos

No ensaio são utilizados os seguintes equipamentos:

  • Macaco hidráulico – para aplicação de carga. O macaco utilizado deve ter capacidade ao menos 20% maior que o máximo carregamento previsto para o ensaio, e curso de êmbolo compatível com os deslocamentos máximos esperados entre o topo da estaca e o sistema de reação, sendo no mínimo igual a 10% do diâmetro da estaca;
  • Bomba elétrica ou manual – para alimentação do cilindro hidráulico (macaco);
  • Sistema de reação – no caso de prova de carga à compressão, o sistema de reação pode ser uma plataforma carregada (cargueira); estruturas fixadas ao terreno por meio de elementos tracionados; a própria estrutura;
  • Relógios comparadores (deflectômetros) e/ou transdutores de deslocamentos – para medidas de recalque. Os deflectômetros devem permitir leituras diretas de 0,01mm;
  • Manômetros e/ou Células de carga – para medida da carga aplicada pelo macaco;

Em alternativa à prova de carga estática para estacas, a Dynamis Techne também realiza a prova de Carga Dinâmica em Estacas (também denominado PDA ou ECD).

Da mesma forma que é necessário fazer provas de carga em estacas, em diversas situações deve-se fazer provas de carga diretamente na estrutura.

A Dynamis Techne tem grande experiência na realização de prova de carga estática em estacas, já tendo realizado mais de 20 ensaios deste tipo. Conheça alguns dos serviços de prova de carga em estacas realizadas pela Dynamis Techne:

Para solicitar uma proposta técnica/comercial entre em contato com a nossa empresa neste link.